O Poder da boa Embalagem para a pequena empresa

Inserido por 4 de fevereiro de 2019 Notícias Nenhum comentário

Compartilhe:

Não importa o tamanho da empresa. Empresários que tem a responsabilidade de conduzir seus negócios num cenário cada vez mais competitivo como o que vivemos hoje, sabem da importância de contarem com todos os recursos que puderem ser aplicados para tornar seus produtos mais fortes e competitivos.

Pesquisas recentes realizadas com gestores de pequenas empresas, revelaram que muitos destes empresários conhecem bem o poder que uma boa embalagem tem para ajudar seus produtos a serem atraentes ao primeiro olhar. Eles concordam que a embalagem é um componente importante na construção da imagem e do valor dos produtos de consumo que tem contato direto com os consumidores.

Mas o que muitos ainda não sabem, é a importância e o tamanho da contribuição que uma boa embalagem pode oferecer, por isso, decidimos enumerar neste artigo a contribuição que ela tem para o negócio da pequena empresa.

1-Em primeiro lugar, a boa embalagem desperta o orgulho e o entusiasmo da empresa por seu próprio produto pois todo mundo percebe quando tem em mãos algo realmente bom. A empresa se sente mais confiante na capacidade do produto e tem mais convicção na hora de apresentá-lo ao mercado.

2- A boa embalagem, quando oferecida aos compradores dos estabelecimentos varejistas, ajuda no fechamento da venda. Quem compra para revender precisa ser convencido de que o produto vai vender bem. Embalagens bem feitas ajudam a formar esta percepção do responsável pelas compras de varejo. Embalagens feias, ruins ou que não tem presença acabam gerando dúvidas nestes profissionais quanto a efetiva capacidade do produto vender bem ao consumidor final.

3- Uma vez comprada pelo varejo, a boa embalagem ajuda o produto a ser exposto de forma melhor do que o que acontece com uma embalagem sem graça, pois os varejistas tendem a destacar aqueles produtos mais atrativos pois eles ajudam a compor o visual da gôndola.

4- Uma vez no ponto de venda, lado a lado com seus concorrentes, a boa embalagem destaca o produto fazendo com que ele “salte aos olhos” dos consumidores. Existem muitos produtos, que por falta de destaque e atratividade de suas embalagens, acabam por nem serem vistos.

5- Depois de chamar a atenção do consumidor, uma boa embalagem precisa despertar-lhe o desejo de compra, fazer com que perceba o valor do produto como compatível com o preço que está sendo cobrado. Uma boa embalagem faz o produto parecer valer mais do que o que está sendo pedido por ele, além da reputação da marca, é claro. É por isso que, em uma mesma categoria, encontramos produtos com preços tão diferentes e o consumidor muitas vezes aceita comprar os mais caros. As boas embalagens contribuem de forma decisiva neste processo pois, mesmo que não compre nada, o consumidor percebe ao primeiro olhar que ali existem produtos mais caros e mais baratos. Quem informa isso a ele à primeira vista é a embalagem.

6- Depois de conquistar o consumidor e ser comprada por ele, a embalagem continua seu trabalho pois é ela quem está presente no momento mágico em que o consumidor realiza a experiência de consumo do produto. Neste momento a embalagem estabelece o elo que permite que o produto seja reconhecido, memorizado e através de seu visual, seja novamente encontrado e comprado.

Assim, a embalagem começa a trabalhar e oferecer seus benefícios muito antes de chegar ao ponto de venda e continua prestando serviço mesmo depois de ser comprada pelo consumidor.

O poder da embalagem está justamente no fato dela ser um componente fundamental do produto que está presente desde o primeiro até o último momento de sua existência contribuindo em todas as etapas para que ele obtenha sucesso.

 

Fabio Mestriner

Professor do MBA de Marketing da Fundace USP

   Autor dos livros:

– Design de Embalagem Curso Avançado

– Gestão Estratégica de Embalagem

– Inovação na Embalagem – Método Prático

Comente

Seu e-mail não será publicado.

Quer mais informações ou tirar dúvidas? Fale com a gente