O significado estratégico de marketing que guia nosso MBA

Por Dirceu Tornavoi – Coordenador do MBA Marketing FUNDACE-USP

Para a maioria das pessoas o termo marketing é sinônimo de propaganda, ou comunicação, desenhada para influenciar o cliente a preferir comprar com a empresa.

Com certeza essa é uma das importantes funções de marketing, mas ela está inserida em um contexto maior. A eficiência, ou sucesso, de um plano de comunicação depende da compreensão de quem são seus clientes e de qual é o valor que sua empresa entrega a eles.

A equipe do MBA Marketing FUNDACE-USP compartilha a opinião de Peter Drucker: “Marketing é tão básico que não pode ser considerado uma função separada. É um negócio visto como um todo do ponto de vista de seu resultado final, isto é, do ponto de vista do cliente.”

Portanto o conceito de marketing está no centro do pensamento estratégico em empresas bem sucedidas que atuam em cenários competitivos, ou seja, quando o cliente tem opções de compra. Isso ocorre na grande maioria dos setores de atividade, exceto naqueles caracterizados como monopólios os quais, felizmente, são poucos.

Em mercados competitivos as diferenças entre clientes – os segmentos de mercado – são as fontes tanto das opções estratégicas (Ex.: decidir em quais mercados competir e como) quanto das decisões táticas sobre: (1) os produtos ou serviços a serem comercializados, (2) seus preços, (3) locais de venda, (4) o perfil dos colaboradores para atender aos clientes e é claro, (5) a comunicação do valor que a empresa, ou uma de suas marcas, se propõe a entregar para cada segmento de clientes.

O MBA Marketing FUNDACE-USP é desenhado para formar estrategistas de mercado, um profissional que consegue:

1) Entender o que a empresa tem de melhor a oferecer e identificar os clientes que valorizam tais competências ou diferenciais;

2) Identificar grupos de clientes (segmentos de mercado) potencialmente atrativos e trazer para dentro da empresa essa oportunidade de vender mais e melhor;

3) Mobilizar a empresa para desenvolver e aprimorar competências, produtos, processos e serviços que tenham mais valor para tais clientes do que eles podem encontrar na concorrência;

4) Propor mudanças em processos internos para reduzir custos ou aumentar a eficácia com que valor é construído, comunicado e entregue aos clientes aos quais se decidiu atender;

4) Ligar objetivos de curto e longo prazos a planos de ação e investimentos de alta performance, que estabeleçam expectativas realistas e deixem felizes tanto acionistas, colaboradores e clientes.

Os links dessa página mostram os detalhes de como preparamos profissionais com visão estratégica e de marketing

Apresentação

Docentes

Instalações

Depoimentos